Bullying: Como agir ao sofrer essa prática nas empresas?

bullying

Descubra como funcionários e empresários devem agir nessas situações de bullying.

Não é só no ambiente escolar que acontece o bullying, no ambiente de trabalho também é bastante comum de acontecer. Geralmente, envolve o abuso de poder do chefe ou de outros colegas de trabalho, falta de respeito, agressões verbais. A prática do bullying tem o intuito de prejudicar a imagem de uma pessoa na frente de outras, repetidas vezes. Há intenção clara de intimidar e agredir a vitima, fazendo com que a pessoa ofendida se sinta impotente, sem reação.

Confira os sinais de que o profissional está sendo assediado no ambiente de trabalho:

·  Apresentar resultados injustos nos testes de avaliação de desempenho realizados pela empresa;

·  Ter excesso de criticas negativas vindas dos superiores ou de outros colegas;

·  Ser excluído de algum evento que acontece na empresa ou ser perseguido inúmeras vezes por colegas ou superiores;

·  Não ter retorno sobre algum serviço ou pedido que fez;

·  Ser isolado de outros colegas, como por exemplo, ser transferido de local de trabalho ou unidade;

·  Sofrer inúmeras agressões verbais, como xingamentos e apelidos desconfortáveis.

De acordo com pesquisas realizadas, as manifestações de bullying mais comuns são receber acusações por um erro que não se cometeu, ter seus comentários ignorados, desqualificados ou não reconhecidos e ser submetido a uma política diferente da praticada com os demais colegas. Pesquisas também apontam que as minorias costumam ser os alvos mais comuns do bullying nas empresas: dos portadores de necessidades especiais, das mulheres e dos LGBTs já sofreram algum tipo de agressão no trabalho. Os chefes também não estão fora dessa lista.

Quais são sinais de bullying?

As pessoas que sofrem com a prática de bullying no ambiente de trabalho podem apresentar:

·   Sérios problemas mentais e físicos;

·   Diversas crises de stress;

·   O funcionário pode faltar de trabalho, ocasionando sua demissão;

·   Podem apresentar sintomas depressivos;

·   Dificuldades para dormir;

·   Podem ocasionar fobias;

·   Dificuldade em se alimentar.

Quem sofre com o bullying no trabalho deve, primeiramente, reconhecer que está sofrendo com esse tipo de prática. Para resolver esse problema, a pessoa deve saber que não é culpa dela. Além disso, é importante recolher provas das ofensas, avisar ao superior, no caso das agressões serem de colegas de trabalho. Já os empresários devem reprimir qualquer tipo de violência dentro da sua empresa, resolver o mais rápido possível a prática de bullying denunciado ou presenciado por alguém.

Investigue o que está acontecendo dentro da sua empresa e capacite os funcionários para ter habilidades e saber como agir nesses casos!

Comunicado Coronavírus - Home Office

Estamos sensibilizados com a situação de pandemia do Covid-19 (Coronavírus) e considerando o contexto temporário que demanda cuidados especiais contra a propagação do vírus a partir de 24 de março todos os nossos colaboradores estão orientados a continuarem trabalhando em regime de home office.

Entendemos que preservar a saúde de todos é a prioridade.

Informamos também os nossos canais de atendimento especialmente neste período em que trabalharemos em casa.

Setor de Recrutamento e Seleção
Telefone/ ZAP (31) 98534-4739
Email: josiane@nortearh.com.br

Comercial
Telefone/ ZAP (31) 98841-4406
Email: comercial@nortearh.com.br

Dep. Pessoal/ Admissão
Telefone/ZAP (31) 98494-6808
Email: dp@nortearh.com.br